« voltar :: início

Zebrafish Facility

Aplicação e vantagens sobre os modelos experimentais vertebrados.
Zebrafish Facility

Os modelos experimentais de zebrafish (Danio rerio) oferecem algumas vantagens sobre os vertebrados superiores, que também podem ser explorados para responder a perguntas da ciência imunológica: a) Organogênese rápida com embriões concluídos dentro de 3 dias após a fertilização semelhante aos embriões de mamíferos; b) Embriões mantém a transparência até no estágio de larva, facilitando a avaliação detalhada das estruturas e dos sistemas orgânicos; c) A totalidade do genoma do zebrafish foi recentemente sequenciado. O desenvolvimento de modelos de doenças humanas em zebrafish é um primeiro passo para a sua utilização na descoberta de medicamentos. Estabelecemos um programa para atração de pesquisadores de instituições acadêmicas e empresas farmacêuticas que contribuirão trazendo idéias, perguntas e expertise para o programa. Esta parceria visa diversificar as formas e meios de trazer inovações e tecnologias no estudo da resposta imune inata e adaptativa. Foram estabelecidos projetos conjuntos de pesquisa com financiamento. Pesquisadores e estudantes de pós-graduação foram anexados aos trabalhos e à Facility Zebrafish na Unidade Imunorregulação.

 

Áreas que o zebrafish é usado como ferramenta

  1. Criação de animais transgênicos com reporters fluorescentes sob controle de promotores específicos para monitorar a resposta imune aguda em animais vivos.
  2. Design personalizada de plataforma de microarray para avaliar a expressão de miRNA em zebrafish adulto ou larvas do peixe infectado com diferentes bactérias patogênicas ou toxinas.
  3. Desenvolvimento de painel screening de toxicidade (medicamentos teratogênicos; cianobacteria e micropoluentes).
  4. Investigação da ontogenia das células B e de mutação somática dos genes de imunoglobulina em vários tipos de resposta imune.
  5. Estudo das contribuições da sinalização quimiocina/receptores in vivo na mobilização de células inatas ou adaptativas de tecido hematopoiético após uma infecção local.
  6. Mecanismos moleculares e celulares envolvidos na morfogênese anormal (síndromes de defeitos de nascimento).

» biotério zebrafish

 

LETA - Laboratório Especial de Toxinologia Aplicada
Grupo de Pesquisa em Imunorregulação, Instituto Butantan
monica.lopesferreira@butantan.gov.br (11) 3726-1024